sábado, 29 de novembro de 2008

Eu, Eu Mesma e Ele


- Você ainda gosta dele né?
- Gosto, e muito...
- Não sei como você ainda pode gostar dele depois de tudo e sabendo que ele não te merece.
- Não sei, boa pergunta. Apenas gosto. Você acha que eu não preferia gostar de outro?
- Não sei...
- Talvez eu também não saiba. Por mais que eu queira gostar de outro, este outro não aparece. Parece que tem algo me impedindo de parar de gostar dele, sei lá. Todos os que passaram pela minha vida parecendo que iriam me fazer esquecê-lo, foram alarmes falsos. Aí já viu, né... Meus pensamentos continuavam voltados para ele.
- É, pode ser. Mas será que você quer mesmo não gostar mais dele?
- Por um lado, eu quero. Mas por outro, acho que não.
- Aí fica difícil!
- Eu sei, eu sei... O que você quer que eu faça?
- Que esqueça ele de vez.
- Se fosse fácil, já teria esquecido.
- Eu sei que não é fácil, mas é necessário. Você só sofre gostando dele.
- Eu sofro, mas gosto de pensar nele, me faz bem. Depois me faz mal, mas me faz bem por alguns instantes.
- E de que valem estes instantes?
- Não sei, mas me deixam feliz enquanto não acabam.
- Tome vergonha na cara e pare de pensar dele, cacete!
- E por que você não pára?
- Porque eu também não consigo.
- Ah, muito bonito né! Quer que eu esqueça, mas você também não o esquece!
- Que que eu posso fazer? Não consigo, também já tentei, mas...
- Sem êxito, já sei.
- Exato.
- Temos que nos esquecer dele juntas então, talvez seja mais fácil.
- É, quem sabe.
- Mas, por onde começamos?
- Não faço idéia. Como se esquece alguém? Pra mim, essa história de que o tempo faz a gente esquecer é balela.
- Até porque se fosse verdade, eu já teria esquecido ele.
- Pois é. Que merda isso né? Por que eu tinha que gostar logo dele? Não podia gostar de um cara mais fácil?
- Ele nem é dos meus tipos físicos favoritos... Quer dizer, ele está bem gostosinho, mas de resto não é, porque costumo gostar mais de loiros e ele é moreno, por exemplo. Além disso, eu sempre atraí as coisas mais difíceis.
- E desde quando o amor respeita os nossos gostos?
- Isso é verdade, não respeita mesmo; nem gosto, nem nada. Mas mesmo assim, acho ele lindo, do jeitinho que ele é, sem mudar nada.
- É, ele é lindo mesmo. Ai, ai... Mas, ei, vamos parar de pensar nele!
- É inevitável, só de querer não pensar, eu já me lembro automaticamente dele.
- É, eu também.
- Por mais safado que ela seja, ainda gosto dele; e por mais raiva que eu sinta dele, passa logo quando me lembro daquele sorriso perfeito e daquela voz.
- Você gosta tanto assim dele?
- O pior é que gosto. Aliás, você sabe que ele foi o cara de que mais gostei até hoje. Talvez por isso, também, seja tão difícil esquecê-lo.
- Com certeza. Esse fato complica tudo ainda mais.
- Então, o que eu faço?
- Não sei. Se você gosta mesmo dele, deveria correr atrás da sua felicidade, mas pode dar com a cara na porta mais uma vez. Você tem que estar preparada.
- Eu sei, eu sei... Por que as coisas não poderiam ser mais fáceis? Essa coisa de que o que é fácil não tem graça não cola pra mim. Eu gosto de coisas fáceis. Tudo pra mim é muito difícil! Poderiam ser um pouco mais fáceis, pelo menos. Eu gosto de desafios, mas tem hora que essa dificuldade toda cansa.
- Cansa mesmo. Também estou cansada.
- Logo eu que gosto de facilitar as coisas me defronto com as coisas mais difíceis. Isso é uma ironia, não?
- Nem tanto. Não dizem que os opostos se atraem?
- No meu caso, me atraio mais por coisas e pessoas que têm algo parecido comigo em alguma coisa, que tenham alguma afinidade. E, bem, no meu caso e dele, temos aquela química, como você bem sabe.
- Ô se sei...
- E eu sei que sou a mulher ideal pra ele, sabe; inclusive meu tipo físico o agrada bastante, ele não tem do que reclamar...
- Sim! Fora que você não é burra, retardada e infantil como a maioria das garotinhas mais novas que ele pega por aí né, não passa nem perto!
- Pois é! Será que ele não enxerga isso?!
- Se não enxerga é porque é cego, burro e bobo, só pode! Ou então só pensa com a cabeça de baixo e deixa a de cima no pause pra usar só de vez em quando...
- É, pode ser. Na verdade, todo homem é assim né... 99,95% é, e acho que ele está incluído nessa porcentagem, infelizmente.
- Mas fazer o que, não é? Ruim com eles, pior sem eles... E coração de mulher é igual a circo: sempre cabe mais um palhaço!
- E ele é o palhaço mais lindo que já entrou no meu coração, e já tem um lugar cativo nele.
- O que você acha que ainda pode acontecer?
- Posso ser boba pensando isso, mas no fundo ainda tenho esperança dele abrir os olhos um dia e perceber que eu sou a melhor opção pra ele e pra vida dele.
- Seria ótimo, pra você e pra ele!
- Pois é, pros dois. Agora basta só ele perceber, porque eu já percebi faz tempo.



“Mas o que é que tem
Se do lado esquerdo do peito
No fundo, ela ainda me quer bem.”
(Chico Buarque)



Ps: Gente, finalmente consegui trocar o layout do meu blog, como vocês já devem ter reparado! Era só fazer uma coisa que eu estava pensando em fazer, mas não sabia se ia dar certo. Bem, deu certo e aqui está o resultado! Eu adorei do novo visual do meu blog! E vocês, o que acharam? :)

24 comentários:

Camilla disse...

Posso conversar com esse terapeuta também... Porque esse seu problema me atinge e muuuuuuuuuuuito

Ficou liiindo o layout novo, amei!!

Beijos

lpzinho disse...

Oi querida Raíssa!
Puxa... eu nem sei bem o que dizer sobre este texto todo, mas tb acho q Vc sabe um pouco de como eu penso. Em especial, ainda me sinto mto ligado à alguém... por pior q este alguém tenha sido comigo no final do namoro... Ainda tenho alguma atração por ela, talvez a coisa da química, da pele... não é nada insolúvel mas ainda me assombra um pouco. O fato de saber que foi ela quem fez o que fez tb me alivia, não me sinto na posição de correr atrás dela, tentar reatar ... pq eu penso, se foi decisão dela, se ela agiu como agiu... então se ela quisesse retomar, ela viria atrás. Eu em momento algum quis isso e já deixei claro esta minha posição. Então, se ainda sinto.. ou meu corpo ainda se ressente é coisa q deve passar um dia. Tb por outro lado comecei a gostar de duas pessoas como te disse eheheh, uma delas realmente inatingível apesar de ser a mais fofa. Ela além de estar longe, ainda pensa demais no ex. E a outra, bem... é um caso à parte. To de 4, mas sei lá,... sentindo que a chance é de 0,000001% de algo rolar.
Essas coisas de coração deveriam ser mais simples, mas não são. A gente complica demais... ou melhor, o homem não complica pq ele raramente ama alguém, já a mulher sim, ama... ama até o que não existe, ama o que projeta, o que deseja ou apenas aquilo que quer ver...
Enfim...
O BLOG FICOU LINDO... pode ter dado trabalhos e uns sustos, mas FICOU LINDO.... cores claras, momento novo... boa sorte com o novo visual!
Te amo muito, minha amiga de verdade!! Beijo ai em cima!!!

Mayana Carvalho.♥ disse...

"- Você ainda gosta dele né?
- Gosto, e muito...
- Não sei como você ainda pode gostar dele depois de tudo e sabendo que ele não te merece"

Nem eu mesma consigo entender o porque... É como se eu não tivesse controle!

Amei esse texto!
Beijos

Tatah Marley's Confissões disse...

florzinha, que diálogo interessante!
Me lembra muito as conversas que eu tinha com minha psicologa!
aaaai, era muio bom, até que eu mudei pra outra que é uma porcaria!
enfim flor.. adorei mesmo o diálogo.. esses homens um dia ainda matam a gnt do coração viu?!
skaoskaopskpaokspaos
Deus é mais!
\õ/

te adoro, beijo!

Nataliinha disse...

Ah, essa historia é baseada na minha vida ? Pois eu acho q é ...
Engraçaado né ?
Enfiim ...

FAVORITADA moça !

Bj bj =]

Flávia disse...

Tá uma lindeza, menina!!

E olha, quanto ao Não sei como você ainda pode gostar dele depois de tudo e sabendo que ele não te merece... a gente não tem muita escolha mesmo - é questão de tempo. Também estou na mesma situação...

Beijos!

A Madrasta Má disse...

Ficou ótimo o blog... adorei!!!!Agora uma coisa temos que concordar que homem é cego, burro, bobo, palhaço......... mas não vivemos sem essas figuras!!!

Não devemos sofrer e esperar por quem não nos valoriza, isso pra mim é perder tempo, tem tanto lindo dando sopa por aí, quem sabe né..... isto aconteceu comigo, quando resolvi sair da deprê (e debaixo do edredom) depois de um toco, comecei a arrasar a auto-estima ficou lá em cima e ampliei meus horizontes!

bjinhos e boa semana!

Dama de Cinzas disse...

O blog ficou lindo mesmo!

Quanto a deixar de gostar de alguém, realmente a gente não consegue isso da noite para o dia! Mas dar uma mãozinha ao destino podemos dar. Deixando de procurar a criatura. A distância ajuda muuuuuito!

Beijocas

Minuto do Intervalo disse...

Quando esse dia chegar, vai perder toda a graça!

Somos assim. Adoramos dificuldades. E não pensa que só com mulheres acontece isso. Nós, homens, também passamos pela mesma situação.


P.S: legal o novo leiaute!

Juliana disse...

Ficou lindo D++ o lay novo! AMEI!
E o dialogo, realmente agente nunca sabe porque gosra deles, e as vezes achamos que preferiamos nao gostas, mas no fundo, gostamos de gostar neh! ahahahaha
Os caras mais complicados são os que tem mais graça!

João disse...

Olá

Adorei o teu blog e voltarei.

Passa no meu e diz o que achas do blog e do tema de hoje.

Beijinhos

Monday disse...

Ficou muito legal o teu espaço, menina ... ah, e quanto a gostar, nem procure explicações: a gente gosta e pronto! mas para deixar de gostar, não tem remédio certo: distância ajuda, olhar pro lado também. aliás, ao lado, as vezes passa o remédio pra sua cura, só pra te mostrar que aquele gostar todo de vez em quando não passa mesmo é da nossa imaginação ...

* hemisfério norte disse...

eheheheh
adorei
bj
a.

Jéssica V. Amâncio disse...

Adorei o layout! E ahhhh, esses homens né...hahaha. O meu conselho é cair na gandaia pra esquecer :P se não funcionar pelo menos da pra aproveitar né..hehehe
beijão moça;*

Cadinho RoCo disse...

Não existe o querer sem querer. Por outro lado, querer o outro sem se dar conta do desprezo que dá ao próprio querer é perigoso, porque cedo ou tarde percebemos que antes é do nosso querer que devemos cuidar e bem. A vida não vale ser refém da vontade alheia e tempo perdido não se resgata mais.
Cadinho RoCo

João da Silva disse...

Eu acho que o amor - dê ou não dê certo, vingue ou não, seja ou não correspondido - é lindo! Parodiando Stevenson, eu até diria "I love for love's sake".
Beijos carinhosos do João

Ariana disse...

To precisando de um terapeuta desses!rs

O novo layout ta lindo!
Amei!

Beijo

Ariana disse...

To precisando de um terapeuta desses!rs

O novo layout ta lindo!
Amei!

Beijo

Hebertt disse...

Isso que um bom terapeuta, nada como ter uma conversar consigo não é?E o coração e um órgão meio idiota que quase nunca segue as nossas vontades e gostos. Parabéns pelo novo visual do blog está muito bom mesmo

Nathália disse...

Lindo o novo layout.
E quanto ao amor, e esquecer certas coisas... Tsc... Prefiro nem pensar mais nisso.
O amor é coisdilôco.

:*

Mariana Valente disse...

oi querida!!
eu sei bem como eh isso... se a gene tivesse um botãozinho de on/off no coração tornaria tudo mais fácil...

e esse seu layout está maraaaa

beijos da Mari
=)

Diogo Caceres disse...

Oi Raissa, bela postagem!!! Realmente a arte de se relacionar e conviver é complicada... podemos ficar por aq mais de 100 anos e ñ aprenderemos tudo. Mas o legal do passar do tempo ñ é que ele nos faça esquecer o q se passou, mas sim como nos faz ver de maneira diferente as experiências da vida. Desejo tudo de bom e achei seu blog muito bom... abraço!!!!!!

Maldito disse...

Mas que situação,..trágico!
Bjs

Anônimo disse...

picasa colemans deems gautam unwanted peck suggest solutionwith forensic ntis expelled
semelokertes marchimundui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...