quinta-feira, 23 de abril de 2009

"Brother and sister,"

Impossível escolher apenas uma frase do texto/música Filtro Solar, do Pedro Bial. Por isso, escolhi três – uma frase (ou melhor, uma oração verbal) e dois trechinhos.

“Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.”


Ser leviano significa ser imprudente, proceder precipitadamente, sem refletir.
Ser leviano com o coração dos outros é brincar com os sentimentos alheios como se não tivessem importância. Pessoas de coração leviano, provavelmente, são aquelas que se deixam iludir por outras e possuem pouco (ou nenhum) amor próprio, que mesmo sabendo que estão se iludindo, preferem continuar com aquela obsessão, vivendo em meio a mentiras. Em ambos os casos, é horrível para todas as pessoas envolvidas, pois há sofrimento simultâneo.

Ser iludido e iludir-se são coisas diferentes, mesmo que, geralmente, não as diferenciemos e apenas soframos as consequências da ilusão. Ser iludido é deixar-se iludir por alguém; iludir-se é algo feito por conta própria, com uma “ajuda” (in) direta de outro alguém. A pior coisa é criar uma ilusão em alguém, fazer nascer um sentimento que não pode ser correspondido. Quem se ilude, o faz sem perceber, enche-se de uma esperança que, muitas vezes, nem sabia onde estava escondida ou que existia. É por isso que sou sempre a favor da verdade e da clareza, de ‘pôr as cartas sobre a mesa’. Depois que as pernas da mentira são alcançadas, piora tudo. É aquela velha frase clichê: prefiro ser magoada com a pior verdade do que iludida com a melhor mentira.

“Cante.”
“Dance. Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.”

Cantar e dançar. Algumas das melhores coisas da vida. Quem canta, seus males espanta, e quem dança também. Quando cantamos, dançamos. Quando dançamos, cantamos. O canto e a dança estão interligados, são movidos pelos sons e por movimentos, cada um com seu qual; e ligados diretamente à música, que é a expressão da alma. Eu não consigo dançar sem cantar, mesmo sem saber direito a letra; nem cantar sem dançar, nem que seja só mexer os pés, as mãos e a cabeça. Quando os dois se juntam, misturam-se de tal forma que não querem mais se separar, e nem eu quero me separar deles.

Ao cantar, liberta-se o que está preso lá dentro, por algum motivo. Quantas vezes você já ouviu uma música e falou ou pensou “nossa, essa música parece que foi feita pra mim!”? Ao dançar, movimenta-se todo o corpo, todas as partes que quisermos libertar; podemos libertar o que quisermos dançando. Sou totalmente a favor do dance like no one’s watching (dance como se ninguém estivesse assistindo), é a liberdade total do corpo e da alma. O maior movimento é a capacidade de expressar-se.

Sublime liberdade é dançar e cantar!

Texto escrito para o Blorkutando.

25 comentários:

Yasmin disse...

usei a primeira frase, so um pouco diferente, a pior coisa é ser magoada por pessoas deste tipo, e pior geralmente descontamos em outras pessoas, sobre cantar e a melhor forma de aliaviar aquele aperto no peito, otimo texto
:)

Vini Manfio disse...

não querendo ser chato mas
nem todos que cantam dançam
e nem todos que dançam, cantam


sabe né

sempre tem que ter um animal pra colocar defeito...

hahahahhahaha

*Raíssa disse...

Se a música for muito ruim, realmente não tem como.

Nadezhda disse...

“Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.”

Acabamos sendo os dois em situações diferentes.

;)

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto (como sempre)
gosto desse teu modo de escrever,é bom te ler.
apareça , liberei meu outro blog (hoje e amanhã),
de um pulinho lá , vê se gosta.

Um ótimo final de semana.
Maurizio

Dama de Cinzas disse...

É isso aí! O que mais encontrei nessa vida foi homem que brincasse com meus sentimentos! Acho que por isso criei uma couraça tão grossa que agora não consigo me apaixonar por mais ninguém... Triste isso!

Beijocas

Mary West disse...

Infelizmente meu coração anda ultimamente, deveras leviano.

lpzinho disse...

Oiee Raíssaa!!
Puxa, desta vez demorei pra comentar! E vc tem razão, ando sumido... trabalhando demais e nem tendo mto tempo pra internetar!
MAIS UMA VEZ tenho que confessar que fiquei feliz de ler teu blog! Mais uma vez vc soube argumentar e se expressar como poucas pessoas saberiam... na verdade vc fez o post inteligente e gostoso de ler!
E em especial... concordo com o q Vc disse sobre dança. Sou partidário tb do "dance como se ninguém estivesse assistindo"

Bommmm depois eu volto Rá.... se cuida e obrigado sempre pelos contatos e amizade! Amo vc! =)

Anna Oh! disse...

Acho q as duas frases tem relação com liberdade: liberdade pra poder sentir, ser o que se é, liberdade o suficiente pra se conhecer e não precisar se amarrar em qualquer relação doentia.
Bjus e bom findi!

Tataahzinha disse...

LIndo post amiga!
primeiro porque amo esse texto/música, vi em uma aula de Inglês do cursinho e meu professor acabou gravando pra mim. :') é maravilhoso! x) de verdade!
Segundo porque a mensagem que ele passa, as muitas mensagens, são boas demais pra reflexão, dão uma paz enorme!

E suas observações foram ótimas!
beeeeeeeeijo

Lary Gerheim *-* disse...

Deixei um meme pra você no meu blog!
Beijos

Lays Melo disse...

Nossa, eu realmente precisava ler essa primeira frase hoje.

Post maravilhoso!

Beijos

N. Mylonas disse...

Tô prescisando dançar. E cantar msm q mal !
Sério...
Não sei o que é vida social... Isso ainda existe??

E sim, vc merece os créditos !Beijoos Rá.

Nathália disse...

Quando estou sozinha em casa, coloco minhas músicas no último volume e danço e canto como se não houvesse amanhã.
E nada, NADA me deixa tão leve e feliz.

Beijo!

Desabafando disse...

oi...linkei seu blog no meu...gostei do conteudo do seu...passa lá no meu depois

Flá Costa * disse...

Ah que lindo seu post.
Eu amo "Filtro Solar" é reflexão na certa e a sua foi uma delícia de ser lida.

Beijinho*

Ariana disse...

Eu passo muito por isso!
Sempre sofro por quem não vale a pena!
Lindo texto!

bjo

ChulapA disse...

esse do filtro solar me lembra aquele outro do hidrogenio...tem o video no youtube..mt bacana

A Madrasta Má disse...

Olá minha querida.... apoiada, só completo uma coisa: Ser leviano é ser cagão.... Bjinhos da Madrasta!

Deathtagrazyta disse...

Que linduh
a 1ª frase me serviria muito bem rsrsrsrs

Dione disse...

Passei para conhecer e gostei... Muuito... Até porque... O Bial é tuuuudo de bom, né?

Beijinhos...

Priz disse...

É tudo real, eu odeio dançar, mas as vezes me pego praticando isso sozinha na privacidade do meu quarto..
enfim.. adorei o texto..

beijos e ótimo feriado querida!!

Priz disse...

o melhor de todos os filmes dele é brilho eterno de uma mente sem lembranças, não tem UM de comédia que bata esse, não mesmo!


beijoo

Maldito disse...

Totalmente excelente

Jéssica V. Amâncio disse...

Sempre quando ouço/vejo Filtro Solar me dá uma vontade de... sei lá, sair gritando até não ter mais voz, e dançando até meus pés afundarem no chão.
É bem bom, acho que dá uma enorme vontade e prazer de viver=)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...