domingo, 7 de junho de 2009

Muita preguiça de vagabundos...

Se tem uma coisa que eu não consigo entender é como uma pessoa entra numa faculdade particular cara, a melhor na sua área, pra ficar só de sacanagem, matando aula e defecando e andando para os trabalhos e para todo o resto. Na verdade, isso me revolta. Na minha turma, pelo menos metade é assim. Se quer gastar o dinheiro dos pais, que seja apenas em festas e viagens (e maconha em alguns casos) já que não quer nada com nada da vida além disso. Só com o valor da mensalidade já dá pra fazer um monte de coisas e, no final do ano, ainda dá pra comprar um carro popular. Aí eu fico me perguntando “Por que essas pessoas são assim? Como elas conseguem ser assim?”, porém não obtenho resposta alguma, pois não entra na minha cabeça de jeito nenhum como alguém pode ser assim, sinceramente. É falta de muita coisa junta – de responsabilidade, de vergonha na cara, de preocupação com o futuro e com a vida em si, de descaso com os pais e até de amor próprio. Odeio gente vagabunda, prontofalei. Quero distância delas, não consigo conviver harmonicamente com este tipo de gente. Até os assuntos são chatos, as piadas são sem graças, muitas frases não têm sentido. Tenho muita preguiça de conviver com estas pessoas.

Como muitos de vocês sabem, eu faço Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Pois bem. A matéria mais importante para a nossa área (e para muitas outras) é Marketing. E cadê que as pessoas assistem? Só voltam pra pegar a chamada para não repetir por falta. Muitas ainda matam aula indo pro bar beber (!!!!) e fumar um cigarrinho do capeta (!!!!!), vê se pode?! E o pior: a maioria não gosta de Marketing. Então que raios e caralhos elas estão fazendo numa faculdade de P&P?! Acho que nem elas mesmas sabem, estão lá só para dar satisfação pros pais, para dizer que fazem faculdade e “estudam”. Decadência total. Provavelmente, escolheram fazer faculdade disso porque, além do motivo citado anteriormente, dá dinheiro e pensaram ser mais fácil e não ter matemática alguma, matéria que sempre foram péssimos porque não gostam de pensar. Deram de cara com a porta. Muita gente acha que só porque é Humanas é mais fácil, que só tem que ler, mas não é bem assim que a banda toca e desfila. Tem que ler muito e muitas leituras não são fáceis, algumas matérias são complexas e, por isso, a galerinha se ferra nas provas e nos trabalhos. Além disso, a gente tem matemática, sim – Economia, Estatística, Contabilidade, Finanças. E é importante saber um pouco de cada, não adianta fugir. Grande parte das pessoas acha que Propaganda é só fazer comerciais bonitinhos, colocar na televisão e esperar por um prêmio. Poor people...


Nas provas, é cada um por si. A nota só depende da pessoa ter estudado e/ou prestado atenção nas aulas. Agora trabalho já são outros 500. Como quase todos são em grupo, as pessoas adoram, porque podem montar nas costas de outras, não fazer nada e ganhar uma boa nota sem esforço. Ódio, muito ódio. Nas minhas costas ninguém monta mais! Não sou camelo para ser montada. Todos os trabalhos que eu puder fazer sozinha, farei, afinal, mesmo em grupo vou fazer sozinha, ou quase, mesmo, . Pra que vou fazer um trabalho ótimo para dar nota pros outros? Não sou a Madre Teresa de Calcutá pra fazer caridade pra filhinho de papai. Se tem uma coisa que não suporto é não ter meus esforços reconhecidos e não receber os méritos por um feito meu. Não suporto que sejam injustos comigo, fico puta³. Por isso, não gosto de trabalhos em grupo, porque uma ou duas pessoas fazem e o grupo todo leva o crédito pelo trabalho. Ah, não! Deveria ter um relatório para ser entregue junto com o trabalho falando quem fez o que no trabalho sou chata e escrota, sim, e não enche o saco. Ainda há pessoas que dão desculpa por não terem feito nada no trabalho: o cachorro ou a avó está doente, a casa está em obra, eu trabalho/faço estágio, e por aí vai. Ei, eu também tenho problemas e nem por isso deixo de fazer os trabalhos bem feitos! Daqui a pouco, todo mundo vai começar a estagiar, trabalho não é desculpa pra nada. Da mesma maneira que você tem que ter responsabilidade no trabalho, tem que ter na faculdade também, porque sem se formar, você não vai conseguir nenhum bom emprego.


Estou fazendo um trabalho de Pesquisa Quantitativa em um grupo escolhido pela professora e, é óbvio, fiquei num grupo fraco com alguns vagabundos e outros meio desleixados. OK. Deixei na mão do grupo fazer o questionário, porque ninguém havia feito nada até aquele dia e eu não ia mesmo perder o show do Oasis por causa disso. Além disso, fiz a primeira parte do trabalho quase toda, ou seja, foda-se o questionário. Fui ver no dia seguinte: estava uma merda. PeloamordeDeus, eles não conseguem fazer nada direito!! Como conseguiram se formar no ensino médio? Enfim... A professora estava monitorando cada fase do questionário e a numeração das perguntas estava toda fora de ordem. Eu ajeitei. Fui falar com a outra menina que faz mais coisa no trabalho e ela disse que sabia com uma risadinha de sem graça. Por que ela não ajeitou a numeração? A mão dela ia cair? HAJA PREGUIÇA, hein, putaqueopariu! ¬¬'

Gente, não é possível que sempre que eu deixo o grupo fazer as coisas elas saiam mal feitas. Eu fico muito desanimada com isso. Desanimada mesmo, essa é a palavra. Eu tento fazer os trabalhos em grupo, compartilhar as tarefas, etc., mas depois eu sempre acabo tendo que corrigir várias ou até refazendo. Impossível não se estressar com isso. Eu prometi pra mim mesma que não vou mais me estressar com esses trabalhos, mas em alguns casos não tem como. Você divide as partes e a criatura não faz ou faz tão mal que você tem que refazer em cima da hora, porque a criatura te mandou a parte dela em cima da hora. Porra, peraí !! Pra ter que fazer isso, é melhor fazer sozinha, porque, no final das contas, farei sozinha mesmo, de um jeito ou de outro. Às vezes não sei se as pessoas fazem tão mal os trabalhos só por preguiça ou por burrice também. Algumas eu sei que é por burrice, mas outras fico na dúvida. Acho que todo deveria fazer os trabalhos em grupo pensando que, antes do trabalho ser do grupo, ele é seu, porque a nota vai para a sua média e você vai aprender algo com o trabalho (com algumas exceções como trabalho de filosofia, que não levam a absolutamente nada). Eu aprendi tanto com o trabalho de Marketing! Fiz inúmeras pesquisas, e continuo fazendo e aprendendo mais coisas. É como se esse trabalho fosse a prática das teorias dadas em aula. Eu me divertindo fazendo esse trabalho. Ninguém acredita, mas é verdade. um pouco de saco cheio dele agora porque não consigo achar as informações de que preciso para fazer uma parte, mas fora isso gostando de fazer ele, até porque penso em seguir essa área. Se eu não estivesse gostando, podia desistir. O que achei mais ridículo é que eu, que fiz sozinha a primeira parte de um trabalho imenso, tirei a nota máxima e os grupos com 4 e 5 pessoas tiraram notas baixas ou, pelo menos, menores que a minha. Chega até a ser irônico.

Bom, eu sei que esse post tá chato, mas eu precisava desabafar de alguma forma coisas que estou cansada de desabafar para as mesmas pessoas, como a minha mãe e alguns poucos amigos que provavelmente não aguentam mais ouvir todas essas coisas.

27 comentários:

Mary disse...

Concordo plenamente contigo. Quando eu estudava tbm era a única que fazia os trabalhos e nunca levava os créditos por eles...
E tbm nas provas todo mundo virava meus "amigos de infância" e sentavam do meu lado pra 'filar...
Que raiva... Eu preferia fazer sozinha mesmo.
Ah, e esse filhinhos de papai são um saco mesmo... Acham que o dinheiro que seus pais têm, vão sustentá-los pro resto da vida (desconsidere os herdeiros e os podres de rico).
Eu DETESTO filhinho de papai... Ô bando de povo boçal que não tem o que fazer...

É muita indignação mesmo...

Xerooo
=D

LP disse...

Raíssa, o post não esteve chato.
Chato mesmo é ver este estado de coisas em que se encontra a sociedade. Me lembrei enquanto lia, de quando eu me formei... tinha um grupo nessa linha ai, dos vagabundos & preguiçosos. Mas eles tinham um lado pior ainda, puxavam saco de professor... e faziam coisas alegrinhas, sem pensar em nada... em mercado, em retorno, em estratégia. Lembro como se fosse hj, criaram um jingle baseado em musica de Ivete Sangalo.
No dia da apresentação apareceram diante da banca, de bermuda, colares, falando alto, felizes e na hora da defesa da campanha sequer sabiam do que estavam falando. Mas para eles estava perfeito o tal trabalho. Enfim, não passaram e levaram esporro... ainda bem!
Pq nada é pior do que ver triunfar gente assim, enquanto tem gente trabalhando e querendo fazer as coisas certas.
Valeu pelo desabafo.
Valeu demais por te conhecer e saber q Vc sim, será profissional do mesmo modo q no mundo acadêmico procura sempre fazer o seu melhor!
Te adoro e admiro demais como ser humano, pessoa e futura colega!!
Parabéns pelo EXCELENTE POST!!
Genial e importante demais!
Obrigado pela tua amizade Rá!
Beijo... se cuida menina linda!

Dama de Cinzas disse...

Eu entendo sua revolta! Mas é um fato, a maioria das pessoas que estão em salas de aula, seja de faculdade ou qualquer outra. Acham que pelo simples fato de terem saído de casa e entrado no recinto, tudo vai ser assimilado por osmose.

Quanto a trabalho de grupo, sempre odiei e vou odiar. Exatamente porque 1 ou 2 se esforçam e o resto vai na aba... Não sei porque ainda não acabaram com isso.

Beijocas

Mary West disse...

Acho que por isso nunca quis me meter em nenhum dos lados sabe? Tipwo, nunca fiz questão de pedir favores e tb nunca me senti confortavel em dá-los tb. É realmente complicado confiar.

Lays Melo disse...

"Odeio gente vagabunda, prontofalei."

*Tin tin*



Beijos

Nathália disse...

Olha, nem me fala.
Independente da faculdade ser particular ou pública, alguém que está lá mas não está de fato (entende, né?) é um filho da puta, com o perdão da expressão.

Gasta dinheiro à toa, perde tempo e ainda tira a oportunidade de outras pessoas que realmente querem ser algo na vida.

Ter momentos de vagabundagem ok. SER vagabundo? Pelamor... Tem que tomar vergonha cara.

Beeeijo!

Minuto do Intervalo disse...

MUITO importante o seu post! Eu tmb sofro com isso.

Também faço PP e cadeiras como Mktg, Planejamento e Empreendedorismo são as que eu mais gosto, até pq pretendo seguir em uma dessas áreas.

Mas na minha faculdade, a galera só quer saber de criação. Tudo bem, criação é legal, mas para ser um bom profissiona nessa área é preciso estudar as outras, para criar com conceito, com fundamento.

Olha...só eu sei o que passo nessa faculdade...

Thaís Velloso disse...

Tanta gente querendo estudar sem poder e, ao mesmo tempo, tanta gente podendo e nao aproveitando...

T disse...

que saudade!
sobre seu texto: que revolta raíssa!
eu estudo em facul particular, e oque mais vejo é gente andando e cagando pra tudo..mas o futuro é esse que você disse mesmo: não vai ter um bom emprego. Enfim, cada um que arque com as consequências de seus atos né?!
Beijo!

A Madrasta Má disse...

Olá minha querida... desabafa mesmo porque este tipo de gente existe e realmente é um sacoooooo! Bjinhos da Madrasta!

nina. disse...

quanto tempo nao passo por aqui !

adorei o template novo

e quanto a essas pessoas, bem, no fundo a maioria é assim. ou pq nao cresceram ainda, ou por outro motivo qlq. =/


saudade menina ><

Rodrigo disse...

Oi Raissa!

Legal o teu blog!

E bah! É fato que isso sempre ocorre, podendo ser taxado de nerd, cdf e coisas do tipo cobrando dos outros a parte que lhes foi dividida do trabalho. Muito sustentei nas costas trabalhos chatos, pesados, enquanto os outros não estavam nem aí! Pô! eu to pagando essa faculdade! Quero concluí-la e preciso dessa nota! Não teve tempo para fazer? Poxa! Se não tem tempo para concluir o trabalho, o mínimo exigido, que tipo de profissional será? Um nada! Mas um nada que ainda estará competindo o mercado comigo!

Depois desse co-desabafo, desejo te sorte e muita paciência e no final mostrarás o quanto és competente!

P.s: como pode ter tanta "erva" assim nas faculdades?! Como dizemos aqui no Sul, "dar um tapa na pantera", bah! Nem os 'gatos eles perdoam mais... kkkkk"

um abração guria!

Yasmin disse...

Eu também não entendo este tipo de pessoa, gastam dinheiro atoa e só farream, eu não ajudei no colégio com trabalhos e nem ajudaria na faculdade.
:)

Jeniffer Santos disse...

esse semestre q passou...prometi no inicio p mim mesmo, q ia me livrar de certos pesos(pessoas), as vezes é dificil, mas consegui m livrar de alguns...me importo agora comigo e q se dane o resto xD

BEIJOS

Desabafando disse...

Olá...faz tempo que não passo aqui, pq minha internet não anda deixando entrar na sua página...mas hoje consegui!
Então, durante minha faculdade, enfrentei os mesmos problemas que vc relata. Depois de um tempo vc passa a querer fazer tudo sozinha e acha até bom! Meu trabalho final de curso fiz sozinha e foi ótimo!
Tive até brigas sérias com pessoas de grupos, tanto que depois cortamos relações definitivamente justamente pela preguiça de uns que sempre se acham muito espertos. E gente que não quer nada com nada, vc vai encontrar em todo lugar, não só na faculdade! O legal é tempos depois de formada vc perceber que nem metade da turma continua na carreira! Uma hora ou outra todos acabam assumindo aquilo que gostam ou não, a vida vai confrontando e vc vai percebendo que quem vai mais longe, quem progride é sempre aquele que se dedica mais, que se esforça portanto, não se preocupe, continue fazendo a sua parte.

LP disse...

Oi garota genial!!!
Tava com saudade de vc.. de conseguir ler e visitar teu blog!!
Te amoooooooo Raíssa ehehhe, minha preciosa amiga altinha!
=P



Espero que vc esteja bem!
Saudaaadeeee sempre!!
Beijos de pelucia!

Ariana disse...

Eu odeio gente assim!
Morro de pena!


bjo

T disse...

tem postado tão pouco :(
sinto falta.

Adenilson Maciel disse...

tenha muita calma nessa hora.
vai melhorar.
se vai ver.
o/


bom
vim tbm pra dizer
q deixei o bagageiro do spaceblog.
e migrei para o:
www.bocadekabide.blogspot.com

continuo com o mesmo conteúdo interessante, engraçado e comicuzinho.

tá convidad a ir lá pra manter nossos assuntos e comentários em dia.
grande abraço.
ótimo fds
e será bm vind lá...

LP disse...

Enquanto a vagabundagem campeia, enquanto o lixo aumenta...


Raíssa encanta, brilha e apavora!! x) Ô garota lindaaaaaa e incrível vc ein!!!

Marcelleee disse...

Concordo contigo,afinal a faculdade é que faz o aluno,independente de ser pública ou particular,afinal tudo é conhecimento,o que importa é sermos bons profissionais,agora que progfissionais formaremos se existem ate em faculdades públicas gente desinteressada?Bju

Marcelleee disse...

Concordo contigo,afinal a faculdade é que faz o aluno,independente de ser pública ou particular,afinal tudo é conhecimento,o que importa é sermos bons profissionais,agora que progfissionais formaremos se existem ate em faculdades públicas gente desinteressada?Bju

nina. disse...

quando atualizar me avise !

hsuais


me avise logo ! :@

N. Mylonas disse...

Raiiiiiiiisaa... saudades daqui... e seu post eu assino embaixo... tanta gnt vagal que vemos por ai, que putaquepariu.... tá odiio...
O bom é que dps vamos vendo quem é quem e assim recusamos esse povo nojento...

beiijos

Gaby disse...

Infelizmente sempre existiram pessoas desse tipo.
Intendo completamente sua revolta. Eu que estou no 2º colegial, vivo revoltada por causa desse tipo de coisaa.

Pô, não é porque a gente se esforça que eles não tem que se esforçar neh!

O que também me deixa P da vida, é quando eu me atrazo pra ir pra escola, ou esquece o trabalhoo.. NOosaa,falta me crusificar, fala um montee, sendo que nem se esforçou pra fazer o trabalho. Se eu dei a minha palavra que ia entregar o trabalho é porque eu vou entregar o trabalho independentemente da forma.

Tem pessoas que acham que só porque elas são irresponsáveis, que todo mundo tambem é.

BeijOs

Tataahzinha disse...

Pessoas assim são um cocô!
Minha mãe mesma.. paga facu pra mim de Comunicação tbm que é 912 conto, mais o curso de enfermagem que é 340.. o mínimo que eu posso fazer é dar valor nisso.
Mas tem gente na minha sala que não tem um pingo de massa encefálica na cabeça e vai pra vagabundear e pra atrapalhar quem realmente quer estudar e e valorizar o suor dos pais na mensalidade.
APOIO SUA CRITICA!

saudades amiga!
beeeijos!

Jéssica V. Amâncio disse...

Ah!!! Fez muito bem em desabafar isso, porque eu também, sinceramente NÃO ENTENDO gente assim!
Poxa, tanta gente que não tem oportunidade e se mataria pra estar no lugar deles. Afff... morro de raiva com gente mal agradecida e o pior, gente que não sabe(ou não tem força de vontade suficiente) aproveitar as oportunidades que têm!
Uhh, que raiva que dá!
E realmente, nunca seja Madre Teresa de Calcutá. Foda-se os que não estão nem aí, você tem que tirar o seu da reta e fazer a sua parte.
É maravilhoso que você dê valor ao que está fazendo e aprendendo!!

Beijos;*

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...