domingo, 2 de outubro de 2011

Rock in Rio – Dia 29/9

Mais uma vez estou aqui para contar como foi o Rock in Rio, dessa vez no dia 29, que foi o dia de Black Music.

Dessa vez, assisti a um show no Palco Sunset, o da Joss Stone. Nunca tinha visto um show dela, mas sempre quis. Foi muito calminho, mas foi legal. Ela cantou muitas músicas pouco conhecidas e eu não sabia cantar a maioria, porque faz muito tempo que não ouço músicas dela, mas ela é uma fofa!

Quando acabou o show da Joss, começou a Orquestra Sinfônica Brasileira + Legião Urbana. Aproveitei pra comer e ir ao banheiro mais uma vez. Logo depois, fui para o Palco Mundo para assistir aos shows principais. O primeiro foi o da Janelle Monaé, que eu não conhecia. Ouvi duas músicas dela no Youtube no dia anterior só pra saber quem é e não gostei, mas o show foi outra coisa. O show dela é muito bom! Ela tem voz, ousadia, carisma, presença de palco e sabe cativar o público! Ela estava perdida há muito tempo por aí e só agora foi descoberta, um desperdício! Não sabia cantar nenhuma música, mas o show foi maravilhoso! Ela também é uma fofa! Ainda andou de tirolesa depois!

O próximo show foi o da Ke$ha. Nunca gostei muito das músicas dela e dela, menos ainda. Ela tem a aparência suja, parece que fica 1 mês sem tomar banho, é nojento. Fora que ela é feia e cafona. Ela parecia um exú pegando santo durante o show e o microfone dela parecia um despacho, uma coisa horrorosa! Os dançarinos e backing vocals dela estavam tão sujos quanto ela, um horror. A parte mais ridícula do show foi quando ela cantou Cannibal e pegou uma réplica de coração com tinta vermelha dentro e colocou na boca, fingindo que era sangue. Quem não tem muito talento, apela pra essas coisas né.

Pontualmente, entrou o Jamiroquai no palco e Jay Kay e banda deram aquele show mais uma vez! O único problema do show foi ele ter sido curto demais – 1 hora e pouquinho não é o bastante para o Jamiroquai! Tantas e tantas músicas ótimas para cantar e tão pouco tempo para cantá-las, muito triste. Enquanto isso, o Stevie Wonder ganhou mais 1 hora, ficando com 2 horas e meia de show. Podiam ter dado pelo menos mais meia hora pro Jamiroquai em vez de 1 hora a mais para o Stevie Wonder. Não me importei muito com o show dele, porque já estava cansada e preocupada com minhas horas de sono para estar lá de novo cedo no dia seguinte.

Dia 29 foi um dia de ótimos shows! Se não fosse o estresse da minha amiga sumindo o tempo inteiro, teria curtido mais esse dia. Acho que foi o dia mais vazio do Rock in Rio, então consegui ficar um pouco mais lá pra frente para assistir aos shows. Nesse dia, percebi que a Cidade do Rock tem capacidade para 100 mil pessoas, mas não possui estrutura suficiente para tantas pessoas. Eu vi gente vendo o show do Stevie Wonder da entrada do evento, que é longe do palco. Pra ver da entrada, eu vejo em casa. A maioria das pessoas não consegue ver os shows direito, só ouvir as músicas. O melhor seria vender só metade dos ingressos. Assim, a estrutura dos shows, estandes e brinquedos daria mais conta da quantidade de pessoas. Mesmo assim, não dá pra aproveitar tudo que o evento oferece em apenas um dia, a não ser que você não veja os shows. Mas quem vai ao Rock in Rio e não vai ver os shows, não é mesmo?

Tenda Eletrônica
Show da Joss Stone
Show da Janelle Monaé
Show da Ke$ha
Arrasa, Jay Kay!
Show do Jamiroquai
Estande da Taco - peças de roupa formando paisagens, como nos comerciais

2 comentários:

RaiannyMesquita disse...

Não fui, mas vi pela tv. ^^
Beijos Mil ;*

http://www.so-beleza.blogspot.com
http://www.belezavirtual.loja2.com.br
@RaiannyMesquita

Quadro Feminino disse...

Eu assisti pela TV, não perdi nenhum dia!!
Boa sorte no sorteio do Quadro Feminino.
Já estou te seguindo.
Ótimo Domingo.
Bjim, Ci
http://quadrofeminino.com.br/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...