terça-feira, 3 de setembro de 2013

XVI Bienal do Livro Rio – Parte I

Oi, pessoal!

Fui à 16ª edição da Bienal do Livro Rio no último domingo, dia 1º de setembro, e vou contar como foi. Esse ano a Bienal comemorou 30 anos de existência, o que tornou o evento mais especial. Acho que eles poderiam ter explorado melhor essa comemoração dentro do evento com algumas ações de Marketing, mas tiveram muitos pontos positivos esse ano. A palavra-chave da Bienal Rio 2013 foi interação.


Uma coisa que gostei muito foi a homenagem que o evento fez à Alemanha. Tinha um estande enorme e com leds lindos de várias cores, 30 editoras alemãs, a exposição multimídia “Alemanha de A a Z”, uma seleção variada de obras atuais da literatura alemã e uma programação variada com palestras, bate-papos com autores e ilustradores alemães.


Além das tradicionais sessões de autógrafo com autores nacionais e estrangeiros (com destaque para Nicholas Sparks e Emily Giffin), organizaram muitas palestras e bate-papos sobre os mais diversos temas em espaços fixos – como Acampamento na Bienal, Placar Literário, Conexão Jovem, Mulher & Ponto e o tradicional Café Literário -, algumas bem interessantes. O legal foi que todas elas foram muito próximas das pessoas, sem aquele distanciamento físico enorme dos palestrantes, como ocorre em muitas palestras que vamos por aí. Foi tudo muito interativo.

Este ano, o Café Literário está especialmente lindo!

O Ziraldo está sendo homenageado através do Planeta Ziraldo também, com atividades lúdicas e 84 apresentações artísticas em todos os dias do evento. É possível ver pessoas de todas as idades usando o chapéu de papelão do Menino Maluquinho andando pelos pavilhões. Quem fez aniversário esse ano, junto com a Bienal, foi a Turma da Mônica, que comemorou 50 anos no evento, com um espaço especial no estande da Panini.



Os estandes das editoras estavam bonitos, mas os da XV edição estavam mais. As editoras estão pão duras com relação aos marcadores esse ano; estão deixando bem menos que na edição anterior! O mesmo com os livretos. Estão repondo menos, inclusive. Tem que pegar logo que vê, senão não tão cedo. O que mais vejo é panfleto. Buttons quase não vi também, muito triste. Voltei para a casa com bem menos peso do que na outra edição do evento.

Adorei duas ações de Marketing que ocorreram lá, feitas pela Estante Virtual e pela Editora Seguinte. A primeira era um joguinho no computador, para você adivinhar, em 1 minuto, qual livro ainda não existe no site da Estante Virtual e ganhar uma ecobag linda Eu Livros. Acertei de primeira e recebi um e-mail para participar de um concurso no site; achei bem legal! Já a segunda, é para você, menina, se vestir com um vestido azul lindo de princesa do livro A Seleção, tirar foto e, consequentemente, divulgar a série dos livros e a editora. Bem bolada!

Conheci a fofa da Laura Conrado, autora dos livrosa da série Freud, Me Tira Dessa!, no estande da Novo Século. Ela estava autografando os livros e comemorando o seu aniversário, além de promover um encontro entre blogueiras. Estou participando de um book tour do 2º livro da série, chamado Só Gosto do Cara Errado, então terá resenha dele aqui no blog.


De negativo, evento lotado, ar condicionado fraco sem vasão para todos os pavilhões e muitas filas para tudo, como de costume. Porém, a praça de alimentação está bem mais completa que em 2011. Enfim, é isso. Preparem seus pés e pernas para andar muito, suas colunas para carregar peso, seus bolsos para comprar os livros, porque estão caros, e divirtam-se!

Mais alguém foi na Bienal essa semana também? O que acharam?

Abaixo, algumas fotos do evento:

Minhas aquisições do primeiro dia de Bienal
Painel do filme The Bling Ring no estande da Intrínseca, que tinha uma fila dando volta para entrar.

Estande da Leya.

Estande da Salamandra e Moderna.


Estande da Novo Conceito. Lindo!

Estante da Editora Planeta. 

Os tradicionais livros pendurados no estande da Record.

Estande da Editora Rocco.

Estande da Saraiva.


Espaço da Secretaria de Educação.

Estande da Editora Sextante.


Estande da Submarino.

2 comentários:

Tay disse...

Nossa, que legal! Gostaria muito de ter ido. Tentarei ir ano que vem pra de SP.
Beijo.

Valéria disse...

Pelo visto foi uma excelente bienal. Legal algumas editoras alemãs participarem.As fotos ficaram lindas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...