quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Rock in Rio 2013 – Dia 21/9

Oi, gente!

Hoje vou contar sobre meu terceiro e último dia de Rock in Rio. Foi o dia mais quente dos 3 dias em que fui, e a metereologia estava prevendo chuva, por incrível que pareça! Consegui ir ao kaboom com minha amiga, pois a fila estava mínima. Ficamos só meia hora na fila. O tempo de brincadeira foi mais curto do que quando eu fui em 2011, mas foi boa mesmo assim.

Como de costume, não vi nenhum show do Palco Sunset, apenas ouvi o final do show do Moraes Moreira com Pepeu Gomes e Roerta Sá enquanto descansava um pouco. Logo depois, fui assistir ao concurso de dança que estava acontecendo num palquinho ali em frente ao Sunset. Foi bem legal, adoro ver pessoas dançando!

O primeiro show do Palco Mundo foi do Skank, uma banda que eu gosto, mas que não acompanho. Samuel Rosa e cia cantaram as mesmas músicas de sempre e deixaram de fora do setlist Balada do Amor Inabalável, minha música favorita da banda.
 
Skank no Palco Mundo e eu lá longe

Depois veio o show do Phillip Phillips, o ganhador da 11ª temporada do American Idol. Ele é bem simpático (além de bonito) e canta bem, mas não conhecia nenhuma música do show dele, então não me empolguei e fui passear antes que acabasse. Mais pessoas tiveram essa mesma ideia além de mim.

Phillip Phillips com sua simpatia

Finalmente chegou a hora do show mais esperado da noite: John Mayer! Foram muitos anos esperando que ele viesse ao Brasil fazer show, inclusive na edição do Rock in Rio de 2011, que ele quase veio. Muita ansiedade para começar o show e poder ouvir Johm Mayer cantando e performando ao vivo! O show foi simplesmente maravilhoso! Ele cantou várias músicas que eu amo, como Daughters, No Such Thing, Slow Dancing in a Burning Room e I Don't Trust Myself (With Loving You). Ficaram faltando algumas, como Bigger Than My Body e St. Patrick’s Day, que eu amo demais, mas o show foi incrível do início ao fim! O único defeito do show foi ter sido curto. John Mayer merecia pelo menos mais 1:30 de show!

Muso John Mayer ♥

Para finalizar os shows do Palco Mundo, Bruce Springsteen & The Street Band, que deveriam ter tocado antes do John Mayer para que o show dele fosse maior e fechado a noite com chave de ouro.  Nunca tinha ouvido nenhuma música do Bruce Springsteen, ou pelo menos não sabia que Born in the USA era dele até então. Fui ao evento sem nem saber quem ele era; e não gostei. Comecei a ver o show dele em pé, até que cansei na segunda música porque achei muito ruim. Não gosto do estilo country, que é o que ele canta, então sentei e fiquei apenas ouvindo as músicas chatas, até que eu e minha amiga decidimos ir embora no meio do show, porque não aguentávamos mais. Nunca vi surgir tanta gente dizendo que gosta de country num dia só e que Bruce Springsteen foi ótimo, o melhor show do Rock in Rio inteiro. Oras, todos os dias todo mundo dizia que o show da banda/cantor X foi o melhor do evento todo, até o dia seguinte, quando o melhor show se transformava em outro. Sinceramente, não acredito que esse monte de gente brotando no Facebook tenha gostando tanto assim do show dele, principalmente as pessoas jovens.

Show do Bruce SpringsteenZzZzZz...

Por último, gostaria de deixar clara e registrada a minha total e irrestrita indignação com a desorganização e palhaçada absurdas da tirolesa! Passei o dia inteiro tentando ir na tirolesa e toda vez que ia até lá, era informada de que o tempo médio de espera era de 6 horas – what? Pois é. Deixei para ir no último show, já que não me interessava, e qual a minha surpresa: fecharam a tirolesa!!!!! No dia 15, várias pessoas foram na tirolesa durante o show do Justin até as 2 horas da manhã e no dia 21 vêm me dizer que, à meia noite, a tirolesa está fechada e que só as pouquíssimas pessoas que estavam lá dentro das grades separadoras, deficientes e pessoal da Globo poderiam ir agora??? Mais uma vez: what? Fiquei chateada, com raiva, P da vida, revoltada, indignada e consternada com toda a babaquice que rolou com relação à tirolesa do primeiro ao último dia de Rock in Rio! A capacidade dela é de 3 pessoas descendo ao mesmo tempo. No entanto, apenas uma pessoa por vez descia quase sempre e com um intervalo grande até a próxima pessoa. Quer dizer, atrasava tudo, deixava as pessoas na fila esperando muito mais do que deveriam e impedia um monte de gente de ir. Se for para ser essa falta de organização e respeito com o consumidor, que não tenha porcaria de tirolesa nenhuma no evento!

Esta foi a última edição da qual eu participei, porque em 2015 não irei, salvo com 2 exceções: se eu for em alguma área VIP de graça ou 4 artistas que estou esperando a vida fazerem show no Brasil vierem, e esta última ainda pode ser revogada, porque o Rock in Rio é sinônimo de muitos aborrecimentos, sacrifícios e gastos pelos quais não estou mais disposta a passar. É isso.


Compartilhem suas experiências do Rock in Rio nos comentários.

Beijos a todos!

Um comentário:

Valéria disse...

Gostaria muito de ir ao Rock in Rio, quem sabe um dia...
Eu também adoro John Mayer.
Nossa, é tão desorganizado assim? Que pena!
Abraços!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...